Resenha: Um Corpo Na Biblioteca

O corpo de uma jovem é encontrado na biblioteca de uma das mais respeitadas famílias de uma vila inglesa. O Casal Bantry obviamente avisa as autoridades a respeito do ocorrido, mas, a Sra. Bantry, com sua visceral curiosidade, convida alguém mais, uma grande amiga com certa fama de astuta e competente em desvendar a mente humana: Miss Jane Marple. Eis como começa “Um Corpo Na Biblioteca”, segundo livro da Rainha do Crime, Agatha Christie, que comento aqui no blog.

DSC_0094Editora: Nova Fronteira

Páginas: 180

Onde Encontrar: Americanas, Saraiva, Amazon

A jovem, desconhecida pela família, não demora a ter sua identidade revelada: Trata-se de uma dançarina chegada havia pouco na cidade, a qual não demorou a despertar paixões no hotel em que trabalhava e a se tornar a protegida de um senhor idoso, paraplégico e milionário, cujos filhos morreram no acidente de avião que o deixou preso a uma cadeira de rodas. Para tornar as circunstâncias do ocorrido ainda mais intricadas, não fazia muito que Basil Blake, um conhecido bad boy que crescera na vila voltara de Londres com uma carreira na indústria cinematográfica, dando muitas e grandiosas festas em sua residência. Isso sem falar no genro e na nora do milionário Conoway Jefferson, que viviam com o sogro desde a morte de seus respectivos cônjuges e, no fato de que, o já complicado caso torna-se ainda mais complexo quando, em uma pedreira e dentro do carro incendiado de um dos frequentadores do hotel no qual trabalhava a primeira assassinada, é encontrado o corpo carbonizado de uma outra adolescente. Isso sem dúvida levanta a dúvida de se estariam ou não conectados os crimes, os quais só serão devidamente esclarecidos graças à astúcia de Miss Marple.

Essa é uma resenha particularmente difícil para mim porque fiz essa leitura de maneira muito fragmentada, algumas vezes com a distância de semanas entre a leitura de um capítulo e outro. E isso se deveu justamente a eu não conseguir me sentir envolvida o bastante pela trama. Embora no prefácio Agatha Christie revele que estudou por muito tempo como usar o clichê do romance policial de um corpo encontrado em uma biblioteca sem que este soasse clichê, considero que a Rainha do Crime falhou no intento. A história, ainda que simples, é confusa. E o que a torna confusa é um excesso de personagens da equipe de investigação. São tantos investigadores e coronéis e agentes de polícia em diálogos que envolvem mais de três personagens, que eu cheguei ao meio do livro sem saber ao certo quem era quem, quais os seus papeis para a resolução do crime. Por isso, acredito que este tenha sido o principal motivo pelo qual procrastinei com essa leitura.

Por outro lado, o desfecho da história é excelente (superando minhas expectativas, vale registrar) e a trama envolvendo a família de Conoway Jefferson é bastante interessante. Infelizmente, seus principais aspectos parecem ter sido desenvolvidos às pressas ou, simplesmente, “caído do céu”, explicados de maneira atabalhoada. Cabe também destacar que Miss Marple, embora desvende o mistério com perspicácia, parece uma mera coadjuvante, uma vez que passa a maior parte do livro insinuando saber algo mais e apenas agindo nas últimas páginas. E eu já li outros livros de Agatha Christie em que Miss Marple fazia-se bem mais presente e, ainda que sutilmente, dava-nos mais pistas para a resolução do caso.

Assim sendo, “Um corpo na Biblioteca”, provavelmente, está entre os livros de Christie que menos me empolgaram e, sem dúvidas, é o que me pareceu mais confuso. Assim sendo, 6/10 é a nota que dou à obra.

Thaís Gualberto

Economista & Escritora. 25 anos, apaixonada por ficção, música, política e coisas fofas. Aqui vocês terão resenhas e, principalmente, textos ficcionais escritos por esta que vos “fala”.

0

9 thoughts on “Resenha: Um Corpo Na Biblioteca

  1. Li meu primeiro livro da Agatha recentemente, então adoro quando vejo resenhas de outros romances, para procurar e comprar 🙂 Uma pena que você não tenha gostado desse livro, a história parece ser muito interessante, cheguei até a ficar com vontade de ler! Quer dizer, até ver sua opinião 🙁

    Beijo! ♥




    0
  2. O que dizer de Agatha Christie? Ela foi FODA. Mas ninguém é perfeito, né? jakshdakjshd
    Eu acho que nunca li esse, mas nem empolguei também. Se você não curtiu muito eu provavelmente não vou curtir também.
    Resenha foda, como sempre! <3




    0
  3. Bah, que pena Thaís. Faz tempo que quero ler um livro com a Miss Marple. E já sei que devo passar longe desse. Tenho sentido calafrios com livros confusos demais! HAHAHAH
    Tenho um outro título (que no momento não lembro) com a Miss Marple, tenho outros na fila, mas quando puder vou ler.. é pagar pra ver.
    Gostei muito da resenha pois achei bastante objetiva, mas sinto muito pelo livro não ter te conquistado. Pelo menos o final compensou um pouco né?
    O primeiro romance dela que li já sei que não será o seu melhor na minha opinião. Quero esperar muito mais da Rainha do Crime, afinal, ter este título deve fazer jus ao seu trabalho.

    Um beijo enorme!




    0
    • Da Miss Marple, recomendo fortemente A Testemunha Ocular do Crime! Foi o primeiro livro que li da autora e foi o que me fez apaixonada por romances policiais. Acho que não vai se arrepender se o ler?
      Feliz de vê-la por aqui novamente!! Beijos!!




      0
  4. Oii Thaís, que saudades de ler seus posts *-* Dei uma sumidinha lá do blog, mas agora com as férias, espero conseguir atualizar o blog frequentemente :))
    É uma pena que tu não tenha gostado deste livro :/ quando a história tem muitos personagens ela realmente se torna bastante confusa, mas ainda bem que o final deu uma compensada hehe.
    Adorei sua resenha Thaís!!
    Um beijão <3




    0
    • Que feliz por te ver de volta, Nathalia!! *-* Imaginei mesmo que você estivesse bastante atarefada. Não costumo ter problemas com histórias com muitos personagens, mas nessa história em particular eles não foram apresentados de maneira a que eu conseguisse distinguir um do outro e acredito que este tenha sido o problema… E obrigada!! Beijos! 😘😄




      0

Comente!