Extranjera/Foreigner – Parte II

Primeira parte de Extranjera/Foreigner Eu então tinha 16 anos. Como a maioria das garotas que comigo estudava, tinha o cabelo bastante comprido, mais precisamente tocando o meio da cintura. Loiro, farto, liso, brilhante. Regularmente, aparava as pontas e também a franja, que na época usava reta, tal como o restante Continue Lendo…

Na Escuridão da Mente

Centelha: Amostra 1 (capítulo 7)

_ Bom dia, Marcela! O radiante cumprimento da altiva loira à porta deixou Marcela um tanto quanto aparvalhada. Cristina era uma presença frequente na residência dos Arriaga, contudo era uma veemente surpresa naquela manhã de domingo, quando todos imaginavam que ela ainda estivesse na Ásia. Sem cerimônias, adentrou a casa Continue Lendo…