Resenha: Um Mais Um

Jess Thomas era praticamente uma mãe solteira havia dois anos. Seu marido, Marty, voltou para a casa da mãe após várias empreitadas profissionais fracassadas, deixando dívidas e dois filhos para Jess sustentar, o que ela faz por meio de dois empregos – um negócio de limpeza doméstica com a melhor amiga Continue Lendo…

Resenha: Good Karma

Para quem nasceu entre o final dos anos 70 e meados dos anos 90, é praticamente impossível nunca ter escutado algum dos sucessos do duo pop sueco Roxette, formado por Marie Fredriksson e Per Gessle, cujo primeiro álbum, Pearls of Passion, foi lançado em 1986. “Spending My Time”, “It Must Have Been Continue Lendo…

Resenha: Um Corpo Na Biblioteca

O corpo de uma jovem é encontrado na biblioteca de uma das mais respeitadas famílias de uma vila inglesa. O Casal Bantry obviamente avisa as autoridades a respeito do ocorrido, mas, a Sra. Bantry, com sua visceral curiosidade, convida alguém mais, uma grande amiga com certa fama de astuta e Continue Lendo…

Resenha: O Fio do Bisturi

Apesar de estar trabalhando havia menos de um ano como anestesista no hospital Mid Pac, Kate Chesne era respeitada e querida por todos os profissionais ao lado dos quais trabalhava. Isso mudou quando a enfermeira Ellen O’Brien morreu durante uma operação de vesícula a qual Kate assistiu como anestesista. No Continue Lendo…

Resenha: A Maleta da Sra. Sinclair

Ontem foi dia do livro e eu não poderia deixar essa data passar em branco! Para comemorar, trago mais uma resenha. “A Maleta da Sra. Sinclair”, livro de estreia de Louise Walters, livro que ganhei no amigo oculto do trabalho ano passado, é o livro da vez. Roberta Pietrykowski trabalha Continue Lendo…

Resenha: Uma Longa Jornada

Quando o Nicholas Sparks lançou “Uma Longa Jornada”, em 2013, eu não dei nada pelo livro. A capa que mostrava um campo, um cavalo e duas silhuetas dignas de filmes western e a sinopse que mencionava um peão de rodeios não me impressionavam, pelo contrário. Parecia-me impossível escrever uma boa Continue Lendo…

Resenha: Becky Bloom em Hollywood

Fazia quatro anos que eu ansiosamente esperava pelo sétimo volume da minha série favorita de comédia: a única, incomparável, tresloucada, exagerada, diva e consumista Rebecca Bloomwood, ou simplesmente Becky Bloom para os íntimos, a consumista favorita de 10 entre 10 leitoras assíduas de comédias voltadas para o público feminino. Eis que Continue Lendo…