Resenha: “Loney”

Romance de estreia do professor de Literatura Inglesa e Escrita Criativa Andrew Michael Hurley, “Loney” teve inicialmente disponibilizados apenas 300 exemplares, mas logo extrapolou o mercado independente. Não só “Loney” recebeu diversas críticas elogiosas em mídias de destaque, como rendeu ao seu autor o prêmio de melhor escritor estreante na Continue Lendo…

Resenha: A Silent Voice (Koe no Katachi)

Shouya Ishida é um garoto em constante fuga do tédio, o que, muitas vezes, é um sinônimo de se machucar ou de pregar peças nos outros. E é isso que o motiva a pesadas implicâncias contra Shoko Nishimiya, uma menina surda recém-transferida para a escola de Shouya. Embora a grande Continue Lendo…

Resenha: “Ninfeias Negras”

“Num vilarejo, viviam três mulheres. A primeira era má; a segunda, mentirosa; a terceira, egoísta.” Giverny, a pequena cidade em que famoso pintor impressionista Claude Monet viveu e pintou a série Nympheas em referência às flores de seu laguinho, é o cenário de um crime: um renomado oftalmologista é encontrado morto Continue Lendo…

Resenha: “How Not to Fall in Love, Actually”

Emma George trabalha como assistente de direção em uma produtora de filmes, tendo de ser cordial e paciente com a atores sem fama, porém arrogantes. Seu namorado, Ned,  não se acerta em nenhum emprego, tampouco tem sorte em suas tentativas de empreender, que sempre acabam em grande prejuízo… para Emma! Não bastasse Continue Lendo…

Resenha: Christina Aguilera – Liberation

Após 6 anos sem lançar mais que parcerias como a excelente “Hoy Tengo Ganas de Ti“, com o mexicano Alejandro Fernández, e a premiada “Say Somethin‘”, com o duo A Great Big World, Christina Aguilera está de volta ao cenário musical com “Liberation“. Confesso que a estética da era fez Continue Lendo…

Reflexo

Tantos anos se privando, tantos anos se ocultando. Onde estava a jovem espirituosa e cheia de planos? Onde ficara seu ímpeto por opinar e construir o próprio caminho? Quatro décadas sendo quem não era, quatro décadas negando a si mesma? Família… Isso era o que sempre mais lhe importara e Continue Lendo…

Resenha: “Na Escuridão da Mente”

Meredith Barrett tinha apenas 8 anos quando o caos instalou-se de maneira aterradora sobre sua família. Não bastasse seu pai estar desempregado após anos trabalhando para a mesma firma, sua irmã mais velha, Marjorie, começou a apresentar sintomas de esquizofrenia.  Diante do fracasso do tratamento psiquiátrico, o patriarca Barrett recorre Continue Lendo…

Te Conozco Desde Siempre

Um amor platônico redescoberto e por fim consumado. Uma loucura de uma mulher apaixonada ou um relacionamento com futuro para Paula e Octavio? Continuação de “Lonely Tonight“.  Teria sido um impulso maldito ou uma benção reveladora? Aquela noite impensada, o desejo havia muito esquecido. A mesma sensação de familiaridade que Continue Lendo…